O Border Collie


A raça que mais aparece em campanhas publicitárias.
Considerado o cão mais inteligente do mundo.
A raça mais rápida na compreensão de novas situações e na tentativa de resolvê-las.
Destaca-se pela notável capacidade de aprender sozinho, por observação.
Conhecido como o grande campeão de agility em todo o mundo.
Além de extremamente obediente e ágil, é considerado muito ativo e resistente.
O melhor cão para o esporte, o lazer e o trabalho.
O cão que aprende mais rápido.
Uma raça bastante social com amigos e familiares.
Insuperável no agility e no pastoreio.
Muito versátil, possui incríveis dotes para os esportes caninos, como agility, frisbee, flyball, freestyle e pastoreio.

Podemos afirmar que é a raça mais indicada para pessoas que querem praticar atividades com o seu cão e, principalmente, as que desejam praticar modalidades como o agility, frisbee, freestyle, flyball, pastoreio e show dog.

Como comprovação da impressionante inteligência e capacidade de assimilação, cita-se o Border Collie de nome Rico, o qual conseguiu reconhecer mais de 200 palavras. Trata-se de um Border Collie extremamente inteligente, que foi estrela de televisão na Alemanha, sobressaindo-se em estudos psicológicos em função do seu comportamento – a rapidez do aprendizado de novas palavras pelo cão foi justamente um dos aspectos que mais impressionaram os cientistas.

A pesquisa foi efetuada por Josep Call, Juliane Kaminski e Julia Fischer, do Instituto Max Planck para Antropologia Evolucionista de Leipzig, e publicada na revista “Science”. Rico conseguiu abocanhar 37 em 40 itens escolhidos ao acaso da sua coleção de brinquedos. Suas incríveis habilidades demonstram que certos aspectos da compreensão da linguagem devem ser bastante antigos na evolução das espécies e podem ter surgido antes da fala humana.

O Border Collie, além de extremamente apaixonante, é bastante sociável com amigos e familiares e jamais nervoso ou agressivo, apegando-se facilmente ao grupo que o adota, sem nenhum risco futuro. Apesar do seu tamanho médio, apresenta um porte bem proporcionado e de aparência atlética definida. Além de bastante resistente, possui muita graça e incrível habilidade, sendo a impressionante inteligência a sua marca registrada.

Entre as suas principais características, destaca-se também a sua grande energia. Portanto, o ideal para a raça é a prática de qualquer atividade de agility, frisbee, flyball e freestyle. Porém, na impossibilidade disso, é necessário, no mínimo, a prática de alguma atividade física diária, tal como caminhada ou arremesso de brinquedos que o cão possa buscar e trazer para o dono.

 

 

ORIGEM

 

Border collie é uma raça desenvolvida na  Grã Bretanha . Criada para ser de pastoreio, esta raça é relativamente recente, com pouco mais de cem anos desde que foi estabelecido o seu padrão. Apesar disso, sua origem não é precisa e a justificativa é a de que seus ancestrais já atuavam como pastores de rebanhos no século XIV. Sua aparência física considerada rústica é o resultado da preocupação com a sua função pastora, atingida ao longo de cruzamentos seletivos. Popular em seu país de origem, é considerado o cão mais inteligente do mundo

 

Embora a sua ancestralidade seja pouco conhecida, acredita-se que os exércitos Romanos trouxeram cães pastores que foram possivelmente envolvidos no desenvolvimento do Border Collie de hoje, quando invadiram a Grã Bretanha cerca de 55 antes de Cristo. Por volta do ano 794 estes cães teriam sido cruzados com um outro tipo de cão pastor, menor e com aparência do Spitz, trazidos por invasores Vikings. Deste cruzamento teriam surgido cães mais ágeis, com marcações brancas, adequados para o terreno difícil e montanhoso da

Escócia.

Um século mais tarde, na escócia e inglaterra, o termo collie tinha se tornado sinônimo de cão de pastoreio, possuindo variações como: Collie de Trabalho, Collie de Fazenda e Collie Inglês. Em 1915 foram chamados pela primeira vez de Border Collie. Sobre as origens dessa palavra existem diferentes opiniões a palavra Border quer dizer fronteira em inglês e Collie não é exatamente conhecida podendo ter origem na palavra celta”coalley” que significa “preto”,na palavra galesa “coelius”que significa “leal”, ou no nome de uma raça de ovelhas escocesas “coelley”. Esta última opção é considerada a mais provável as coelley ou coalies eram ovelhas de focinho preto, cuja vigilância era confiada aos chamados coalies ou coelley dogs, uma expressão que sofrendo contração para coalies e, por fim, se tranformou em collies.

 

Entretanto, cada vez mais, o Border Collie é dirigido para outras finalidades que não o pastoreio. Atualmente, é muito fácil encontrá-lo em provas de agility; na maioria das vezes, obtém excelentes colocações, exibindo uma performance invejável. Ressalta-se, ainda, que os Borders Collies são considerados os melhores nas modalidades de esporte frisbee, freestyle e show dog. Nas exposições de beleza, o número de Borders Collies aumenta sensivelmente a cada ano que passa, assim como os registros da raça nos Kennels.

A inteligência do Border Collie foi constatada por vários testes e por inúmeros experts, que o colocaram no topo do ranking de inteligência entre todas as raças caninas.

O Border Collie é um cão muito dócil, convive harmoniosamente com crianças e adultos. Os espécimes da raça se destacam por seu fenótipo (características do cão determinadas pelo seu genótipo), o que leva muita gente a optar por tê-lo como companhia; porém, é recomendável a prática de alguma das modalidades de esporte já citadas anteriormente, pois se um Border Collie for mantido em uma casa ou apartamento de forma sedentária, possivelmente, desenvolverá alguns maus hábitos.